Make your own free website on Tripod.com

Entrevista

ROSE NASCIMENTO
A voz que leva Boas Novas

TOL - Sua nova música, que retrata a vida de Jó é um sucesso. Você tem a noção de como ela toca na vida das pessoas?
ROSE NASCIMENTOQuando eu ganhei essa música do compositor, que é o Jorge Binar do estado do Espírito Santo, me disse que Deus tinha dado essa música para que eu gravasse, e que se eu não gravasse ele não daria a ninguém, porque Deus tinha mandado me entregar. E realmente percebi que Deus tinha um mistério nessa música. Quando entrei no estúdio para gravar, eu chorei muito, essa música falou profundamente comigo, porque o crente ele passa por muitas provações mas não é nem a metade do que Jó passou. E eu percebi que as provas que eu passo não tem nem como comparar. Eu falei com Deus Senhor se eu chorei assim, imagina as pessoas que ouvirão essa música? E eu tenho notado isso nas minhas viagens pelo Brasil. O meu CD tinha saído a menos de 20 dias quando me apresentei em Recife, no estádio Geraldão, e vi que cerca de 50 mil pessoas cantavam comigo essa música. Tenho a certeza que Deus através dessa música ele está tocando em muitos corações.

TOL - Você tem conhecimento de alguém que tenha se convertido por meio da música de Jó?
Tem uma loja em que sou cliente e que a dona não era cristã. Agora só toca o meu CD lá, por causa dessa música de Jó e também da primeira música do CD. Essa música é uma bênção em muitos lugares onde vou, mas tem lugares que as pessoas preferem outros hinos, outros louvores. E já ouvi vários testemunhos acerca desse CD.

TOL - Você tinha pedido a Deus que te desse alguma música especial?
Tinha pedido a Deus que me desse algo diferente, porque eu não gosto de pegar estilo de ninguém. Eu gosto de ter estilo próprio. Hoje a gente vê que há pessoas que fazem isso. Deus me deu essa música como outras também. Porque o meu CD está todo bonito. O primeiro hino fala todo da minha vida. Porque queriam me calar, mas prossegui, tentaram me parar, mas eu louvei, e nesse louvor realmente as maldições que me jogaram foram transformado em bênçãos na minha vida.

TOL - Quem fez isso? Que tipo de maldição?
Infelizmente, muitos que estão do meu lado, quando eu entrei na minha independência, eu entrei com a cara e a coragem. Dependi somente de Deus. Porque não digo que não gosto de estar com as gravadoras, sei que elas ajudam o cantor, mas quando a gente chega a um patamar a gente quer a independência, era um dos sonhos que eu tinha e uma das gravadoras disse que se eu saísse de lá eu não seria mais ninguém, eu não conseguiria prosseguir. E eu não fiz contrato com ninguém a não ser com Jesus Cristo. Depois disso, pessoas que me diziam que eu estava muito caída, apagada, e eu disse a elas olha nas favelas eu não me apago, nos becos eu não me apago, por onde eu prego eu não me apago. Então por isso que digo que Deus foi transformando essas maldições em bênçãos na minha vida.

TOL - Há uma estimativa de quanto CDs foram vendidos?
Tenho um contrato com a "RN Produções", que proporcionou vendas de aproximadamente 70 mil copias, em 3 meses.

TOL - Quantos anos de carreira e quantos CDs gravados?
Tenho 11 anos de carreira e 10 CDs gravados, graças a Deus foi praticamente 01 em cada ano.

TOL - Deixe uma mensagem para os cristãos de nossa região:
Agradeço a Deus por essa oportunidade. Obrigada pelo carinho, pelo amor que vocês têm me dado, e continuem orando por mim, porque estarei orando por vocês sempre. Gostaria de deixar um passagem em Eclesiastes 9:8 que diz que " Em todo tempo sejam alvas as tuas vestes e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça". 
Que Deus vos abençoe. 

Quinta - 07/02/2002
Entrevista concedida para
TABERNÁCULO On Line
www.tabernaculo.com.br

Volta a Seção Principal